créditos

O Sítio de Imaginação é uma obra de arte experimental de ficção

O Sítio de Imaginação é uma obra de arte concebida e dirigida por Álvaro Andrade Garcia e mantida pelo ateliê Ciclope de arte e publicação digital desde maio de 2002. Todo o conteúdo do sítio é ficção e qualquer semelhança com a realidade é mera coincidência. Todo o conteúdo é permanentemente modificado, alterado e manipulado pela equipe do ateliê Ciclope e os visitantes do site, muitas vezes on line.

Sítio de Imaginação – versão 7.0 lite – edição março 2020

Colaboradores atuais

  • Lucas Santos Junqueira – Desenvolvedor do software Managana, coordenador e colaborador no desenvolvimento de diversos projetos do Sítio.

Outros Colaboradores

Colaborações em tempos específicos para o projeto estão creditadas em ordem alfabética abaixo e/ou nos fluxos correspondentes na obra:

  • Aggêo Simões – Autoria do videopoema If
  • Bruno Assis Fonseca – Programação visual do livrE Fogo 3.0
  • Daniela Karan e Silvie Moyen – Design gráfico em papel para a versão 1.0.
  • Daniela karan – Design das penboxes
  • Delfim Afonso jr. – Autor do poema Sístole do Planeta.
  • Douglas Lee Arnold – Versão inglesa do texto A Arte da Imaginação e locução dos vídeos do pensamento Backyard.
  • Guilherme de Deus – Montagem e animação do poema Visagens.
  • Isabela Vecci – Projeto e cenografia instalação Museu de Arte da Pampulha e Sítio na Liberdade.
  • Jalver Bethônico – Processamento do áudio do poema O Ocidental.
  • Jorge Luís dos Anjos – Desenhos do poema Visagens.
  • Luciana Gomide – Captura e edição de vídeo para a versão 1.0.
  • Marcos Vinícius Nascimento – Autoria do videopoema If
  • Maria Aparecida Moura, Camila Alves Maciel – Projeto e produção para versão 1.0.
  • Maria Neves – Figuração da boca de fogo no poema Palavra do livrE Grão.
  • Marília Bergamo – interface e usabilidade do software Managana
  • Matheus Braga – Composição musical e trilhas sonoras da versão 1.0 a 3.0, intérprete do Tema da Luma.
  • Roberto Marques – Desenhos do poster e camiseta da versão 1.0.
  • Rodolfo Magalhães – Captação de imagens e edição dos videopoemas da série Cora: Goiaz.
  • Rodrigo Botelho – Design para a versão 1.0.
  • Rodrigo Minelli – Autoria do videopoema Cage.
  • Sammy Lansky – Projeto e cenografia instalação Museu de Arte da Pampulha e Sítio na Liberdade.
  • Sidney Carmo – Ator e vocalizações do poema A Profecia do Gênesis.
  • Valéria Braga – Intérprete do Tema do Sítio.
  • Victor Volker – Software para a versão 1.0 e 2.0, bibliotecas para a versão 3.0.

Locações principais

Mata do Jambreiro, Nova Lima, Minas Gerais, Brasil.
Fazenda Cayuaba, Entre Rios de Minas, Minas Gerais, Brasil.

Nenhuma informação deste site é confiável e acurada. As seções que não são ficção são links que abrem páginas em outras janelas, ou chamam outros sites, em outros endereços eletrônicos e com outro aspecto visual. Não é permitido usar o Sítio para violar a lei, mandar spam, conteúdos ofensivos etc. Não mande informações pessoais sigilosas, não temos instrumentos nem rotinas rigorosas de proteção contra hackers e outros. O ateliê Ciclope pode excluir a qualquer momento e sem aviso qualquer visitante do Sítio, cadastrado ou não. Lembre-se, esta é uma obra de arte de ficção interativa, mantida por uma pequena equipe de pessoas que fazem isso por paixão e boa intenção, por isso, não inclua conteúdos que não têm relação com nossos propósitos.

Na sua nascente, do mês 1, em maio de 2002, até o mês 4, setembro de 2002, o Sítio de Imaginação foi mantido com recursos da Lei de Incentivo à Cultura de Minas Gerais. Para seu crescimento e posterior e manutenção, do mês 5, de outubro de 2002 ao mês 12, junho de 2003, o projeto contou com recursos da Lei Federal de Incentivo à Cultura. Entre setembro de 2006 e janeiro de 2007 mantivemos o Sítio com recursos da Lei Municipal de Cultura de Belo Horizonte.

Este projeto se mantém sem recursos de patrocínio desde 2007.

Licenças de conteúdo e software

O material disponível neste site está submetido às normas do Direito Autoral. É constituído de criações originais e de citações, transcrições, reproduções e recriações identificáveis em cada qual, segundo o modelo de licenças denominado Creative Commons, em www.creativecommons.org.br, salvo em locais onde claramente está indicada outra licença.

As  opiniões, informações  e conceitos aqui expressos são de responsabilidade dos autores creditados, circunscrita à sua participação específica, não cabendo ao ateliê nenhuma responsabilidade.

Trechos do site poderão ser utilizados segundo o modelo de licença Creative Commons versão 3.0: sem finalidade comercial ou financeira e com identificação de fonte e autoria, quando publicados também segundo a Creative Commons, usando a mesma licença.

Conteúdo
Licença de conteúdo: Creative Commons (BY-NC-SA 3.0 BR)

Software Managana
Licença: GNU Lesser General Public License 3.0

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close