poemas de brinquedo

poemas de brinquedo – sortidos
Poemas de Brinquedo – nordestinos
Poemas de Brinquedo – mineiros
Poemas de Brinquedo – palavras gêmeas

Poemas de Brinquedo pode também ser acessado no Youtube:
https://www.youtube.com/watch?v=xR-W1rvZPBI

Poemas de Brinquedo versão 1.0 – maio de 2016

Neste livro audiovisual e interativo, disponível gratuitamente em formato de aplicativo e vídeos on line e também impresso em papel, o artista mineiro Álvaro Andrade Garcia apresenta toda a potencialidade artística de obras poéticas que ultrapassam o impresso e transbordam para outras mídias. Aliando a palavra escrita à palavra entoada, as imagens poéticas às imagens cinematográficas, ele cria o que Ricardo Aleixo chama de poesia expandida.

Créditos

Álvaro Andrade Garcia e Renata Fahat Borges: editores transmídia

Textos e direção do app Álvaro Andrade Garcia
Design sonoro Ricardo Aleixo
Design gráfico e storyboards Marcio Koprowski
Animações e edição de vídeo Joacélio Batista
Software Lucas Junqueira

Realização:

Ciclope – arte e publicação digital
Editora Peirópolis

O aplicativo foi imaginado com o software livre de publicação digital Managana para crianças e adultos a partir de quatro anos de idade.

A publicação do app foi patrocinada pela
Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Belo Horizonte

FICHA TÉCNICA DO LIVRO IMPRESSO:
ISBN: 978-85-7596-447-7
Edição: 1
Ano de edição: 2016
Formato: 10,5×14,8cm
Páginas: 64
Idioma: Português
Capa: Brochura

Poemas de Brinquedo pode ser encontrado impresso no formato de cartas para brincar nas melhoras livrarias e também no site da editora Peirópolis.

Rádio Inconfidência. Entrevista de Álvaro Andrade Garcia e Ricardo Aleixo entremeada com declames de Poemas de Brinquedo.

O projeto

Poemas de Brinquedo mostra textos lúdicos que receberam camadas de criação gráfica, animação e vocalização. O conteúdo é adequado e publicado em diversos meios simultaneamente, num arrastão semiótico que também inclui corpo e voz em performance e videoinstalação interativa.

A partir da seleção de poemas em função de sua aptidão visual e/ou sonora para publicação em meio digital, foi produzida uma versão animaverbivocovisual. A partir dessa obra finalizada em app foi pensada a obra impressa, também interativa, em forma de cartas para manusear, recitar e brincar, acondicionadas numa luva que também convida o leitor a acessar os audiovisuais através de um QR code na contra capa.

Em situações de mediação de leitura a obra é farta de estímulos para descobrir com crianças como nascem as palavras, como se inventam palavras (Guimarães Rosa), o que é a comunicação poética (Décio Pignatari). Permite brincadeiras para descondicionar a lógica e abrir novas formas de pensar (koans e Lewis Carroll). Pode ser usada para mostrar como se dá a formação de palavras: sufixos, prefixos, variações sonoras, sotaques, língua culta, língua falada, gírias, idioletos… Pode ser usada para estimular alunos a criar, com sugestões para completar, consertar, imaginar, perder o temor do dicionário, das palavras “difíceis”.

Poemas de Brinquedo se integra a uma coleção de títulos da editora Peirópolis que tratam da cultura da infância.

Poemas

Há muito esses poemas estão presentes na obra do autor, foram publicados em O Verão Dentro do Peito (1998) e Álvaro (2004), Nunca haviam sido recortados e animados para o público infantil de todas as idades.

Segundo Álvaro, “esses poemas brincantes surgiram para me libertar da própria educação. Cresci numa casa em que a palavra sempre foi tratada com muita seriedade, sempre muito adulta e cheia de obrigações. Todas as paredes tinham estantes cheias de livros, as conversas eram filosóficas, antropológicas, sociológicas, religiosas, políticas, tudo com muita estrutura e conceito. Até que chegou uma época em que quis brincar com a palavra, recuperar seu viés criativo, inaugural. Visitei, então, quantas vezes… a terra da infância e a fala do povo, onde são encontradas ainda frescas e livres, muitas vezes nascendo, sem compromissos. E como brinquei com elas… Para mim, estes poemas são um exercício de descondicionamento, de estímulo ao experimento e à imaginação.”

São textos que perderam a seriedade. Voltaram ao momento mágico da criação de palavras e sentidos, terra do experimentar. Poemas para brincar, ler com sotaque, trava-línguas, palavras inventadas, medonhas e coisas escritas errado para consertar. Jogo do dicionário: palavrórios incríveis para adivinhar. Estórias engraçadas e barulhentas, sons para cantar e também azucrinar. Palavras com arestas e desenhos malucos, ainda sem significado, para batizar.

Poemas de Brinquedo interativo para baixar

Poemas de Brinquedo audiovisual com interatividade completa em versão local Windows (usando o software Managana). Ele pode ser copiado e executado em hd e pen drive e usado em videoinstalações interativas. Basta clicar no link abaixo, abrir o Dropbox e escolher baixar. Um arquivo .zip com a pasta inteira da instalação vai ser baixado. Descompacte e veja o arquivo leiame.txt. Aí, na hora de instalar ou rodar o Windows vai dizer que o editor é desconhecido, você tem que pedir mais informações e mandar ‘rodar assim mesmo’. (nosso software não é cadastrado na Microsoft).

DOWNLOAD AQUI
POEMAS DE BRINQUEDO PARA WINDOWS. GRÁTIS.

Referências

Indicado ao Prêmio Jabuti, edição 2017, da Câmara Brasileira do Livro. Categoria Infantil Digital.

Apresentado na ELO’17, Conferência da Electronic Literature Organization, Porto, Portugal, 2017.

Artigo Poetic Publications Authored with Free Software Managana, de Álvaro Andrade Garcia e Lucas Santos Junqueira publicado na revista MATLIT Materialities of Literature, do Centro de Literatura Portuguesa da Universidade de Coimbra. Você pode baixar o PDF daqui mesmo. Texto de 8 páginas com a síntese de experimentos com o software de publicação Manangana e a construção de dois livrEs publicados nele: Grão e Poemas de Brinquedo.

Para ver o texto e o sumário da seção Communities da revista, clique abaixo (em inglês). Volume 6 No 2 (2018) of MATLIT: Materialities of Literature publishes selected articles from the ELO 2017 Conference. 

Divulgação

http://www.ciclope.com.br/poemas-de-brinquedo-videos/
Vídeos de Poemas de Brinquedo no Youtube, também para baixar em mp4 – HD para uso em emissoras de televisão.

http://www.ciclope.com.br/poemas-de-brinquedo-fotos-de-telas/
Frames do app.

http://www.ciclope.com.br/poemas-de-brinquedo-cartaz-e-folder/
O cartaz e o folder do lançamento em Belo Horizonte.

http://www.ciclope.com.br/poemas-de-brinquedo-fotos-do-livro-impresso/
Fotos do livro impresso manuseado.

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close